Além do Gênero

Tag: contra

Por uma vida sem violência.

“SPM e Fórum Feminista de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres lançam DVD “Por uma vida sem violência”.
25/03/2008 – 11:25

O DVD é sobre o ato show realizado no Canecão (RJ), em 2007, no âmbito da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres

“Por uma vida sem violência – ao vivo” é o nome do DVD que a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR) e o Fórum Feminista de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres/ SP lançam, nesta quarta-feira (26/3), às 17h, em São Paulo, no auditório Prof. Dr. João Yunes, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP).

O DVD é sobre o ato show realizado no Canecão (RJ), no dia 26 de novembro de 2007, no âmbito da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres que teve como tema central a comemoração do primeiro ano de vigência da Lei Maria da Penha.

Nesse show, cantoras, atrizes e atores, emprestaram, generosamente, seu talento para protestar contra a violência doméstica e familiar vivenciada até hoje por milhares de mulheres brasileiras. Importantes participações como o de Alcione, Elba Ramalho, Elisa Lucinda, Lenine, Margareth Menezes, Renata Sorrah, entre outras, deram o tom do evento, promovido pela SPM, Ministério da Cultura, Secretaria de Ação Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro, Petrobras, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento da Mulher (UNIFEM) e Agende – ações em Gênero, Cidadania e Desenvolvimento.

No lançamento de amanhã estão confirmadas as presenças da ministra da SPM, Nilcéa Freire, da vice-diretora do UNIFEM, Junia Puglia, da coordenadora da Campanha dos 16 Dias, Marlene Libardoni, além de representantes dos governos do Estado de São Paulo e de prefeituras, de conselhos municipais da mulher e do Estado de São Paulo; das coordenadorias municipais de mulheres; do Ministério Público Estadual; da Defensoria Pública; das universidades, dos movimentos de mulheres e feministas; de direitos humanos e do movimento negro.

No lançamento será apresentada a versão compacta do DVD, com duração de 10 minutos. A versão integral tem a duração de 2 horas e 15 minutos e foi produzida com o patrocínio da Petrobras. Posteriormente ao lançamento, o DVD será distribuído às organizações parceiras no enfrentamento à violência contra as mulheres e aos organismos governamentais estaduais e municipais de políticas para as mulheres.”

Fonte: Presidencia.gov.br

Violência doméstica.

domestic_violence.gif

Violência contra à mulher.

Mulheres, JAMAIS aceitem esse tipo de situação, não se submetam a isso, ninguém PRECISA de um companheiro que a faça sofrer, que diz espancar por “amor”, por “amar demais”, por… Tantos “por”… NADA justifica. Não perdoem ou acreditem em frases como “foi só uma vez”, “não vai mais acontecer”, “não sei onde eu estava com a cabeça”, “eu te amo”.. Quem ama cuida, dá beijo, abraço, flores e não pancada, chute, sufoca, ameaça, xinga.. Mostre que você também gosta de respeito e tenha CORAGEM! Coragem pra fazer o certo. Coragem pra dizer basta. Coragem pra ser feliz.

DENUNCIE: Disque 180!

A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 – funciona 24 horas por dia, de segunda à domingo, inclusive feriados. A ligação é gratuita e o atendimento é de âmbito nacional.

Encontre aqui uma relação de serviços de atendimento específicos para a Mulher em seu estado. São serviços prestados pelo governo federal, pelos governos estaduais e municipais, além de diversas outras instituições da sociedade civil.

Como já dizia Gabriel “O Pensador”: “Não adianta olhar pro céu com muita fé e pouca luta/Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer e muita greve/Você pode e você deve, pode crer/Não adianta olhar pro chão, virar a cara pra não ver/Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus sofreu/Não quer dizer que você tenha que sofrer.

Até quando você vai ficar usando rédea/Rindo da própria tragédia?/Até quando você vai levar cascudo mudo?/Muda, muda essa postura/Até quando você vai ficando mudo?/Muda que o medo é um modo de fazer censura.

Até quando você vai levando porrada, porrada?/Até quando vai ficar sem fazer nada?/Até quando vai ser saco de pancada?.

Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente/A gente muda o mundo na mudança da mente/E quando a mente muda a gente anda pra frente/E quando a gente manda ninguém manda na gente/Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura/Na mudança de postura a gente fica mais seguro/Na mudança do presente a gente molda o futuro”

Homens pelo fim da violência contra a Mulher.

Campanha brasileira do Laço Branco.

“A Campanha Brasileira do Laço Branco tem o objetivo de sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher. Suas atividades são desenvolvidas em consonância com as ações dos movimentos organizados de mulheres e de outras representações sociais que buscam promover a eqüidade de gênero , através de ações em saúde, educação, trabalho, ação social, justiça, segurança pública e direitos humanos. “

Quem quiser saber mais, entre no site da campanha.